I HOME I AMBIENTES I POTESTADES I PROFECIAS I

 
LIVRO DE ENOCH foi retirado do corpus bíblico por ser apócrifo, e isto comporta duas assepções, tanto a de oculto, quanto a de se ser suspeito e pouco confiável. Pela estrutura do texto, ambas devem ser aplicáveis.


Excluindo-se o sentido cabalístico do texto, em muitas seções resta apenas um arrazoado sem o menor sentido diante da ciência contemporânea, é claro que o essencial resta oculta nas estâncias do Sepher Dzieunuta, e do Sepher Yetsirá.

É preciso lembrar que os sucessivos concílios mudaram em muito a estrutura dos textos que figuram na Bíblia, e que inclusive cerca de três mil alterações foram introduzidas quando da publicação da vulgata. Preservação do dogma?

Entretanto, embora este livro tenha sido retirado da oficialidade canônica, não deixa de ser citado muitas vezes no corpus bíblico,como em Lucas (3,37), Hebreus (11,5), Eclesiástico (44,16 ; 49,14). Talvez na epístola de Judas Tadeu caiba reparo quando cita Enoch textualmente: Tembém Enoch, o sétimo depois de Adão, profetizou destes, dizendo: " Eis que vem o Senhor entre milhares dos Seus santos a fazer juízo contra todos, e a argüir todos os ímpios de todas as obras de sua impiedade..."

O Livro foi reencontrado no século XVIII pelo viajante inglês Bruce. No século XIX, foi feito por Lawrence uma edição em 1821 e muitas outras na Inglaterra e Alemanha. Servimo-nos do tomo 23 do "Dictionaire des Apocryphes", 1856, Ab. Migne de excelente qualidade por sua fidelidade e informações antepostas ao texto.

Os exegetas estão de acordo quanto à possibilidade da redação origignal do Livro ter ocorrido por volta do século III antes de Cristo, muito em conta das descobertas dos pergaminhos do Mar Morto no século XX. O Livro dos Esplendores cita o Livro de Enoch como um dos conservados através de gerações, como o Zohar.

É provavel ainda que, sob o nome de Enoch, abrigue-se o nome de um membro da seita dos essênios, o que ocorria com frequência em tais ordens monásticas. Nomes como Hermes Trimegistro, Zoroastro passaram a ser um título distintivo entre iniciados nos Mistérios.

Apenas os estudos comparativos de textos como Bardo Todol, Livro dos Mortos e do Corpus Hermeticum possibilitará o leitor de avaliar os textos contidos no Livro de Enoch.

SOBRE A PRESENTE OBRA

Uma visão livre, pop mas com a profundidade que o texto original exala. Aguardem pelas imagens dos versículos e capítulos mais relevantes deste LIVRO DE ENOCH.

 

 

 

 


   
   
   
©2008 Gustavo Mutran Artwork